Mente Consciente e Mente Subconsciente

Mente Consciente e Mente Subconsciente

MENTE CONSCIENTE

A mente consciente pode ser comparada a um processador de palavras. É o tomador de decisão para nossos afazeres do dia a dia. Esse “processador” envia programas à mente subconsciente para executar determinadas tarefas, observa como os programas subconscientes as executam e, depois, decide sobre o que mais precisa ser feito.

A mente consciente é estimada em ser apenas 12% de nossa mente. O que ela percebe como uma crença não é exatamente o que nosso subconsciente acredita. Você pode pensar que não há absolutamente nenhuma limitação no subconsciente para uma questão, mas elas podem estar lá mesmo assim.

Uma qualidade única da mente consciente é que ela pode rapidamente julgar o que é certo e o que é errado, algo que o subconsciente não faz. O consciente decide quais informações devem ser mantidas no cérebro e quais não devem.

MENTE SUBCONSCIENTE

A mente subconsciente é como um disco rígido de um computador. Ela contém memórias, hábitos, crenças, autoimagem e controla as funções autônomas corporais. É tanto o depósito de informações quanto a executoras das tarefas. Ela também contém “instruções pré-definidas” sobre as quais não temos de pensar conscientemente, tal como manter nosso coração batendo, nossa respiração, nossa digestão...

O subconsciente é estimado ser 88% da mente. Isso significa que, quando reconhecemos que uma de nossas crenças é negativa, 12% de nossa mente quer mudar os outros 88%. Qualquer decisão de mudar é formada principalmente em nossa mente consciente. Essa decisão vai, de alguma maneira, entrar em conflito com as crenças existentes.

ABRINDO A MENTE PARA MUDANÇAS POSITIVAS

A mente consciente pode programar a mente subconsciente para novos comportamentos e hábitos. Essa capacidade é construída dentro de nós, assim como aprendemos a falar ou a andar. Essas conquistas de “autoeducação” foram concluídas por meio de um processo intuitivo em uma idade muito precoce. Infelizmente, a medida que envelhecemos, muitos de nós ficamos presos a antigos padrões de comportamentos que já não nos servem e nos esquecemos dessa capacidade intuitiva de autoeducação.

Por sua natureza, o trabalho de crenças é um meio de mudar comportamentos. O comportamento pode ser físico, mental ou metafísico por natureza. Uma das melhores maneiras de mudar crenças é a partir de um retorno à inocência. Quando somos crianças, nosso padrão de ondas cerebrais está aberto para receber e aceitar novas informações. É por isso que o estado Theta é tão importante, uma vez que ele retorna o subconsciente à frequência de crescimento e mudança.

O trabalho de crenças é um meio de fazer exatamente isso: acessar a mente subconsciente e promover mudanças na realidade atual de cada um.

A Terapia com o ThetaHealing pode te ajudar a se libertar desses padrões originais.

Transforme sua realidade.

 

Fonte: ThetaHealing, Vianna Stibal

Sobre a Autora
Deborah Souza
Autor: Deborah Souza
Website:
https://www.conscienciatheta.com.br/
Terapeuta e Instrutora de Técnicas para Expansão da Consciência
Sou uma executiva que atuou com dedicação em grandes corporações ao longo de muitos anos. Tenho formação em Administração de Empresas, Finanças e Cyber Security. Entretanto, isso não foi barreira para que eu transformasse completamente a minha realidade a partir do momento em que entendi, de fato, o que eram crenças limitantes e como elas atuavam em meu subconsciente, levando-me a uma constante autossabotagem. A partir desse novo espaço de consciência, mudei completamente a minha realidade e comecei a atuar como um canal de contribuição para expansão da consciência.
Alguns de meus artigos